Visual

Fabricante americano de elementos de concreto pré-moldado investe no futuro

04/12/2018

 

Em meados de 2017, a Kerkstra, fabricante de elemento de concreto pré-moldado americana, ampliou a sua instalação de produção. Foi adquirido um galpão de produção com uma dimensão de 34,000 m² em Trenton, um subúrbio de Detroit no estado de Michigan. O edifício foi inicialmente a sede da empresa Huron Valley Steel Corp., tendo sido convertido em uma grande fábrica de elementos pré-moldados pela Kerkstra. Foi instalada na fábrica uma forma em duplo T de 4,88 x 152,5 m, bem como duas linhas de produção resistentes à tensão para a produção de fachadas arquitetônicas com uma largura de produção de 4,67 m e comprimentos de 79,3 m e 55 m. As linhas de produção foram fornecidas pela Weckenmann da Alemanha, os garfos de fixação vieram dos EUA, da empresa Spillman.

O objetivo do investimento da Kerkstra era o de se tornar mais competitiva em um mercado em rápido crescimento. Com este propósito, a Weckenmann desenvolveu quatro máquinas para a Kerkstra, que melhoram os processos de produção.

 

Máquina RPÖ para diferentes dimensões

Uma destas máquinas está entre as primeiras máquinas RPÖ do mundo (limpeza, plotagem, lubrificação) para paver em duplo T, na qual é possível limpar, plotar e lubrificar diferentes larguras de formas de 3,35 m até 4,88 m. Para as diferentes dimensões de nervuras de placas, estão disponíveis escovas de alma substituíveis. Após a transferência de dados através de um dispositivo USB, é possível a máquina trabalhar em modo totalmente automatizado. A máquina limpa, lubrifica e plota a forma, sendo que a plotagem é somente possível na superfície horizontal da forma. Todo o processo dura 70 minutos – 30 minutos para a limpeza, 10 para a lubrificação e 30 minutos para a plotagem.
Outra vantagem da nova máquina RPÖ é a de todo o processo decorrer completamente sem poeiras. O raspador e as escovas da máquinas são auxiliadas por uma aspiração de poeira, que cumpre as mais recentes diretrizes dos EUA de segurança no trabalho para poeiras de silicato. Posteriormente, a máquina é modificada, para que seja também possível a plotagem nas linhas de produção.

 

Investimento em outras máquinas

A racionalização de processos é para a Kerkstra o mais importante. A outra máquina, na qual a Kerkstra investiu, é um carrinho de armazém, que puxa os cabos de fixação e manipula os batentes transversais pesados da forma em duplo T. Além disso, tem uma bobina dupla com duas lonas, com uma largura de 6,1 m e um comprimento de 152,5 m, bem como uma máquina de tratamento de superfícies.
A máquina dispõe de quatro funções: Retificação, alisamento e desbaste da superfície do concreto ou criação de um padrão de vassoura.
Embora o recrutamento de boa mão-de-obra continue a ser um desafio para a indústria de pré-moldados americana, os investimentos desta natureza podem ser decisivos para determinar quem irá competir no futuro. A Kerkstra já deu o passo decisivo.

 

 

Pá alisadora
Enroladora de lona
Carrinhos de armazém (puxar cabos, manipular batentes transversais)
Máquina RPÖ