System.NullReferenceException: Object reference not set to an instance of an object.
   at ASP._Page_Views_Partials_Modules_PopupBanner_cshtml.Execute() in c:\inetpub\sites\weckenmanncom\webroot\Views\Partials\Modules\PopupBanner.cshtml:line 10

Novo sistema de cofragem M-Basis / M-Top

19/03/2011

Empurrão na automatização para a produção de elementos maciços

A Weckenmann apresenta um sistema de cofragem com tecnologia de identificação RFID, apropriado para robôs.

Há 25 anos a Weckenmann produz sistemas de cofragem para a fabricação de pré-moldados de concreto de grandes dimensões, que são fixados rápida e seguramente através de imãs, protegendo a superfície. Essa ideia básica têm se desenvolvido dinamicamente ao longo dos anos e como marco seguinte dessa tecnologia, é considerado o imã comutável, que é integrado diretamente no perfil. Dessa forma conseguiu-se simplificar e acelerar o posicionamento dos moldes tanto para o sistema manual, quanto por robô.

O transponder está em local protegido na dianteira do perfil.

O mercado para a fabricação de elementos de lajes e paredes duplas fez uso em grande escala dessa tecnologia, através da qual, então, surgiu a ideia de utilizá-la também para cofragens de peças de concreto maciças. A série de cofragem do Tipo M lançada pela Weckenmann no mercado há cerca de 10 anos teve o mesmo êxito, embora as exigências sejam claramente diferentes. Os fabricantes de peças maciças confrontam-se com o desafio de moldar as mais variadas dimensões e também detalhes de moldes tridimensionais. Até então isso vinha sendo resolvido com um conjunto específico de perfis para cada espessura de elementos, para atender a essa exigência. Contudo, quando o mercado exigia elementos maciços na espessura de 100 a 500 mm e estas ainda escalonadas em várias submedidas, chegava-se rapidamente ao limite do possível. Tanto a necessidade de espaço, quanto também a soma dos investimentos requeria uma limitação às espessuras de elementos mais importantes, e aquelas usadas com frequência menor tinham de ser moldadas de forma cara, por exemplo, com madeira.

Robô necessita de um sistema de cofragem de módulos padronizados

Esse fato era especialmente contraprodutivo quando era utilizado um robô de cofragem nessas fábricas. Esse robô necessita de um sistema de cofragem que é combinado por elementos padrão a um sistema modular Foi dessa demanda que surgiu um novo sistema de cofragem de elementos maciços, que se baseia no princípio da exitosa Série-M. O segredo é que num perfil básico com imãs integrados são montados um ou mais perfis com diferentes alturas, porém com o mesmo comprimento, que podem ser travadas com o perfil principal e que transmitem a comutabilidade do imã através de um elemento de acoplamento à parte superior da cofragem. O maior desafio estava no fato de produzir os componentes individuais do sistema de maneira tão maneira arbitrária e mesmo assim, caibam umas sobre as outras.  Justamente na fabricação de peças maciças não apenas as superfícies das peças, mas também os lados aparentes, devem ser fabricadas de maneira possam ser usadas como concreto aparente.

Identificação confiável de elementos por RFID

Na realização rapidamente surgiu a questão de como os elementos compostos por unidades individuais poderiam ser identificados na operação automatizada no ambiente de uma instalação robotizada. O método até então utilizado, com sensores que mediam comprimento e altura do perfil, não funcionava aqui. Seria possível que uma determinada altura de cofragem seria alcançada por várias combinações de perfis individuais. Os engenheiros da Weckenmann decidiram então utilizar a tecnologia RFID.

Com esse novo desenvolvimento, que inclui muitas soluções individuais e inteligentes, a Weckenmann teve êxito em melhorar significativamente a aplicação de cofragens modernas em combinação com a tecnologia de robôs. As experiências práticas desse sistema são muito promissoras e se pode assegurar que esta pode ser apenas o início de um novo desenvolvimento talvez ainda mais inovador.

Outros artigos sobre o assunto